Diretoria da John Deere visita a Cocamar Máquinas

quarta-feira, Junho 14, 2017

 

Dirigentes da John Deere visitam a Cocamar Máquinas

Dirigentes da John Deere estiveram em Maringá (PR) na quinta-feira (8), para contatos com a Cocamar Máquinas, concessionário da marca na região. Entre outros, participaram da visita, que faz parte de uma programação de relacionamento da companhia com as empresas representantes no Brasil, o presidente mundial da divisão agricultura, Jim Field, o presidente das regiões 3 e 4 (América Latina e EUA/Canadá), John Lagemann, e o presidente da John Deere Brasil, Paulo Renato Herrmann.

Depois de uma reunião na Cocamar Máquinas, que passou a fazer parte da rede John Deere em meados do ano passado, os dirigentes da empresa participaram de um evento com produtoras, na Associação Cocamar, e de um encontro que reuniu conselheiros e associados no Haddock Buffet, no parque industrial da cooperativa.

 

IMPORTANTE - Em seu pronunciamento aos associados, Field destacou que o Brasil é um dos países mais importantes para a fabricante de máquinas. Isto se deve, segundo ele, à perspectiva de o mesmo se tornar o maior fornecedor mundial de alimentos, e também por ser o que apresentou a mais expressiva taxa de crescimento de vendas da empresa. "Estamos muito otimistas com as oportunidades. Diante de tudo que conheci sobre a Cocamar, antes de firmar a parceria, e com o que vi hoje, acredito que será um relacionamento de longo prazo", afirmou.

RESULTADOS - Lagemann também elogiou o profissionalismo da Cocamar, exaltando a importância estratégica da região em que se situa a cooperativa. "A John Deere entra com os equipamentos de alta tecnologia e a Cocamar com o seu conhecimento agronômico, para trazer os melhores resultados", disse.

 

LANÇAMENTOS - Ressaltando que é possível ter no Brasil a próxima revolução da agricultura em nível mundial, Herrmann lembrou que houve uma época em que se dizia que as novidades só chegavam aqui 30 anos depois de terem sido lançadas nos EUA. Hoje, segundo ele, alguns lançamentos já ocorrem aqui.

 

PRECISÃO - Herrmann comentou, ainda, que o agricultor que melhor utiliza a tecnologia disponível nas máquinas, atualmente, usa de 50% a 60% do potencial embutido em tecnologias. "A agricultura de precisão, por exemplo, traz as informações para se trabalhar com mais eficiência", disse. Falando sobre a qualidade das máquinas da empresa, o cooperado de Maringá, Antonio Rinaldo, destacou "os avanços tecnológicos e a forma rápida como estes estão chegando à região". Por sua vez, o vice-presidente do Conselho de Administração da Cocamar, Antonio Pedrini, ressaltou: "Hoje, com três colheitadeiras John Deere, faço o mesmo serviço, com mais rapidez, qualidade e menor manutenção, do que fazia quando tinha cinco colheitadeiras de outra marca. Quem trocou de marca, não muda mais".

 

CRESCER - No encerramento da reunião, o vice-presidente da Cocamar, José Cícero Aderaldo, lembrou o compromisso assumido pela cooperativa de elevar os níveis de vendas de máquinas John Deere em patamares semelhantes aos da participação da Cocamar na região, que variam de 60 a 65% em vendas de insumos e recebimento das safras. "A missão da Cocamar é fazer com que o produtor ganhe mais com seu negócio. A John Deere, com seus maquinários e equipamentos, oferece parte importante das soluções para isso."

 



Share