Cocamar Máquinas - Concessionária John Deere, recebe autoridades em seu estande na Embrapa Soja

sexta-feira, Agosto 13, 2021

No evento promovido na quinta-feira (12) na Embrapa Soja em Londrina, para demonstração de projetos-piloto de conectividade 5G, para apresentar soluções tecnológicas ao setor do agronegócio, autoridades visitaram o estande da Cocamar Máquinas Concessionária John Deere. Entre elas, o governador Ratinho Júnior, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, e a ministra da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, Tereza Cristina, que estavam acompanhados pelo presidente da Embrapa, Celso Moretti. 

Recebidos pelo superintendente Arquimedes Alexandrino, eles assistiram a uma demonstração de como é feito o atendimento remoto. Atualmente, cerca de 600 máquinas estão conectadas ao Centro de Soluções Conectadas (CSC) da concessionária e 80% das demandas têm sido solucionadas à distância. 

O Superintende Arquimedes Alexandrino e a Ministra da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, Tereza Cristina.

Na foto, o Superintendente da Cocamar Máquinas, Sr. Arquimedes Alexandrino, e a Ministra da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, Sra. Tereza Cristina.

A Nokia, a operadora Sercomtel e a Embrapa Soja foram convidadas a homologar o sinal para uso experimental, a fim de definir parâmetros técnicos à instalação antes da disponibilização permanente do sinal.

O evento integrou uma série de pilotos desenvolvidos no país com o objetivo de demonstrar o potencial de aplicação da tecnologia 5G em áreas urbanas e rurais. O presidente da Embrapa, Celso Moretti, afirmou: “O Brasil saiu de um país que importava alimentos para se tornar o maior produtor de alimentos, fibras e bioenergia. Fizemos isso com tecnologia, inovação e com a força dos produtores rurais. A agricultura brasileira alimenta mais de 800 milhões de pessoas em todo o globo, exportamos para mais de 170 países. A agricultura digital faz parte dessa realidade, os produtores usam drones, sensores, inteligência artificial, internet das coisas e hoje vamos conhecer uma série de tecnologias que vão mudar e viabilizar maior competitividade e sustentabilidade para o agro brasileiro”, afirmou.

A ministra Tereza Cristina destacou a profícua parceria entre o Mapa, o Ministério das Comunicações e o Agro que está, mais uma vez, colocando uma antena 5G em um centro importante. “Além de atender a Embrapa Soja, levamos em consideração Londrina ser um centro de desenvolvimento tecnológico através do seu polo de inovação, mais voltado para as startups”, afirmou.

Ela destacou que o Brasil tem no seu DNA o agro, com 26,4% do PIB. “Mas temos que caminhar mais, então, é uma satisfação enorme ter a parceria com o Ministério das Comunicações para trazer a inovação 5G que será importante para o agro brasileiro. O 5G vai revolucionar o agro brasileiro. Vamos democratizar tecnologia e inovação para todos os estados brasileiros”, afirmou.

O ministro Fábio Faria lembrou que o Brasil foi um dos países que teve a menor queda do PIB com a pandemia e que a expectativa neste ano é por um crescimento. “Com o 5G vamos crescer ainda mais, vai mudar a nossa próxima década, vai ser uma revolução e transformar o Brasil em um player internacional em todos os setores, com destaque para a telemedicina, por exemplo”, disse.

De acordo com o ministro das Comunicações, o Brasil tem 40 milhões de pessoas sem internet. “Vamos levar primeiro o 5G a quem não tem. Qualquer localidade acima de 600 habitantes vai receber internet e todas as cidades acima de 30 mil habitantes receberão o 5G AS, que é o 5G que faz a internet das coisas. E com isso, até julho do ano que vem, todas as capitais receberão o 5G AS”, detalhou. Fábio Faria anunciou que na próxima quarta-feira, às 10h, o TCU vai votar o edital do leilão da Anatel para o 5G. A perspectiva é que o edital seja lançado em 30 dias.

A atividade foi realizada na Vitrine de Tecnologias da Embrapa, com uma solenidade de abertura e demonstração prática das soluções tecnológicas, seguidas de visita a um circuito de estações técnicas montadas no formato que simula “um dia de campo”. A Embrapa Soja acionou sua rede de parceiros vinculados ao ecossistema de inovação da cidade (Agrovalley) e startups que participam do programa "Soja Open Inovation", com projetos em co-desenvolvimento de soluções de inovação.

A fabricante de redes Nokia, provedora de tecnologia para a operação do 5G, e a Sercomtel, operadora dos serviços de telecomunicações, vão dar sustentação às demonstrações de conectividade.



Share